O básico de Equipamentos de Som – Parte 2 – Mixagem

O básico de Equipamentos de Som – Parte 2 – Mixagem

Olá amigos e amigas, tudo bem? Eu sou a Ivy! No post de hoje irei falar mais um pouco sobre o básico de uma estrutura de equipamentos de som. Dessa vez vamos abordar a mixagem.

Equipamentos de som para Efeitos ou Mixagem

Sinais elétricos de áudio capturados pelos dispositivos de entrada são enviados para um mixer ou processador. Neste processo pode ser misturado uma variedade de outros sons e amostras e a adição de diferentes efeitos.

Mixer

O mixer é um dispositivo que pode ser usado para misturar múltiplos sinais de áudio enquanto ajusta os diferentes volumes e a qualidade do som de forma independente. Vamos dar uma olhada agora nas funções de um mixer básico.

Seção de controle de canais

A seção de controle de canais inclui controles individuais para cada dispositivo de entrada conectado ao mixer. Isso permite que o volume de cada dispositivo possa ser controlado de forma independente. Os controles mais comuns nessa sessão são:

Ganho

Sinais de microfones são significativamente mais baixos que a captura de outras fontes de som, por isso eles precisam ser amplificados nos pré-amplificadores do mixer (também conhecidos como amplificadores “head”). O controle de Ganho ajusta os níveis de pré-amplificação aplicados em dispositivos de baixo volume, deixando-os em uma altura apropriada.

Equalizador

A maioria dos Mixers possuem três ou quatro equalizadores de banda, um para cada canal de captura de áudio. Cada um dos equalizadores pode ser usado para melhorar a captura do som e combinar melhor todos os elementos sendo gravados, além de ser usado para reduzir o feedback de som.

Entradas auxiliares

As entradas auxiliares são como “galhos” do sinal principal que eventualmente vão chegar até o amplificador principal e ao sistema de alto falante. Essas entradas podem ser usadas para direcionar parte do sinal para unidades de efeito externo ou então para o sistema de monitoramento de performer.

Controle Pan

Quando o som principal está sendo reproduzido em dois sistemas de auto-falantes em configuração estéreo, o controle de Pan (diminutivo de Panoramic) controla os níveis de volume dos canais que estão sendo reproduzidos nos alto-falantes da direta e da esquerda. Ele pode ser usado para ajustar a posição aparente do sinal de entrada do sinal correspondente na mixagem final.

Channel Fader

O channel fader é usado para ajustar o nível de cada dispositivo de captura de som. O principal motivo para fazer isso é ajustar o balanço entre os vários dispositivos e criar um efeito de mistura melhor. Os sinais são combinados eletronicamente em volumes específicos.

Seção de controle Principal

O nível geral dos sinais de entrada é definido pelo fader principal STEREO OUT. E o resultado disso é a saída via conectores STEREO OUT que podem estar conectadas ao amplificador.

Processador

Os processadores são usados para manipular o sinal de áudio eletrônico, geralmente para adicionar efeitos. Eles melhoram a inteligibilidade do sinal criando o resultado mais natural possível.

Se você está a procura de equipamentos de som de primeira qualidade para o seu projeto ou evento, não deixe de conhecer os produtos da Projetos Especiais. Temos tudo que você precisa para montar a estrutura do seu evento com total profissionalismo e qualidade.

Quer receber mais dicas sobre organização de festas, casamentos, formaturas e muito mais? Continue acompanhando o nosso blog!

Até a próxima, pessoal!

Compartilhar esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *